quinta-feira, 27 de junho de 2013

O momento da aurora


        Certo dia, um Rabino reuniu seus alunos e perguntou:

        Como é que sabemos o exato momento em que a noite acaba e o dia começa?

        Quando, à distância, somos capazes de distinguir uma ovelha de
um cachorro. – Disse um menino.

        O Rabino não ficou contente com a resposta.

        Na verdade, – disse outro aluno - sabemos que já é dia quando
podemos distinguir, à distância, uma oliveira de uma figueira.

        Não é uma boa definição. – Respondeu o sábio.

        Qual a resposta, então? – perguntaram os garotos.

        O Rabino falou:

        Quando um estrangeiro se aproxima e nós o confundimos com
nosso irmão, este é o momento da aurora, o momento em que a noite
acabou e o dia começa.

*   *   *

        O amor ao próximo está em todas as crenças, em todos os tempos.

        Os mestres, os sábios, os missionários sempre ensinaram e
exemplificaram esta lição, proclamando que a aurora da Humanidade virá
quando descobrirmos uns aos outros, quando admitirmos que somos filhos
de um mesmo Pai, que temos o mesmo objetivo e que, por isso,
precisamos caminhar juntos.

        É tempo de abrir o coração para outras almas, de deixar os
preconceitos de lado, as exigências descabidas, e conviver mais com as
pessoas.

        Muitos têm medo de se ferir. Muitos se afastam de todos por egoísmo.

        Seja você uma exceção. Seja aquele que valoriza as amizades,
aquele amigo que está sempre presente, para o que der e vier, como se
diz popularmente.

        Seja aquela pessoa que gosta de ter a casa cheia, que gosta de
receber visitas, que gosta de compartilhar as conquistas com os
outros.

        Seja você aquele que liga para desejar Feliz aniversário,
aquele que escreve um longo cartão de Natal falando do ano que se
passou, e o quanto aquela pessoa lhe foi importante.

        Seja aquele amigo que destaca as virtudes do outro, que
concorda e que discorda do que ele pensa, mas discorda com delicadeza
e psicologia.

        Seja você alguém que cumprimenta a todos, e que receba aqueles
que ainda não conhece bem, com um sorriso, com um Bom dia.

        Finalmente, seja você a aurora dos que estão à sua volta,
dizendo-lhes, através de seu otimismo, que o dia se aproxima, e que a
noite logo termina.

*   *   *

        O momento da aurora se aproxima

        Muitas vozes já proclamam a chegada de um novo tempo

        Tempo que está no coração do homem

        Tempo que está no calor de seu abraço.

        O momento da aurora se aproxima

        E a noite será passado, e o sol será presente

        Presente para aqueles que se tornarem espelho e refletirem em
seu próximo toda luz que receberem.

Redação do Momento Espírita,
com base no cap. O momento da aurora,
do livro Histórias para pais, filhos e netos,
de Paulo Coelho.
Em 02.01.2009.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A apresentação está falhando?

Entre no "www.gmail.com" e feche o usuário aberto.

Divulgue este blog (cartão virtual)

Divulgue este blog (cartão virtual)
Clique com o botão direito do mouse, copie a imagem, cole em uma nova mensagem e envie para seus colegas! caso falhe, procure salvar a imagem e depois enviar como anexo.