segunda-feira, 13 de maio de 2013

O melhor para cada um


Você costuma reclamar da vida que leva? Acredita que outros vivem
melhor do que você? Gostaria de ter nascido em lugar diferente, em
outro país, desfrutar de outras condições?

Quem sabe, ter outros pais? Melhor condição financeira? Pois assim
também pensava Mogo, um jovem que vivia na china há muitos anos.

Ele ganhava seu sustento lascando pedras. Embora são e forte, não
estava contente com sua vida. Queixava-se dia e noite.

Tanto reclamou, esbravejou que seu anjo de guarda lhe disse em sonhos,
certa noite: "você tem saúde e uma vida pela frente. Deveria ser
agradecido a Deus. Por que reclama tanto e é tão infeliz?"

"Deus foi injusto comigo", disse o rapaz. "não me deu oportunidade de crescer."

Com medo que o seu protegido acabasse perdendo a sua vida, o anjo
rogou ajuda ao pai todo poderoso. Deus disse ao mensageiro que tudo o
que Mogo pedisse lhe seria concedido.

No dia seguinte, Mogo quebrava pedras quando viu passar uma carruagem
com um nobre coberto de jóias. Desejou ser nobre.

Ele se transformou então em dono de um palácio, com muitas terras,
servidores e cavalos. Passeando em uma das tardes, feliz porque todos
se curvavam a sua passagem, em sinal de respeito, começou a sentir um
calor insuportável.

Mogo transpirava como no tempo em que lascava pedras. Deu-se conta de
que o sol era maior do que ele, estava acima de príncipes, reis,
imperadores e muito mais alto que todos.

"Por que não posso ser o Sol?"

Escondendo a sua tristeza, seu anjo de guarda atendeu seu desejo.
Enquanto brilhava no céu, admirado com seu gigantesco poder de
amadurecer as colheitas, um ponto negro avançou em sua direção.

A mancha escura ficou à sua frente e ele não podia mais ver a Terra.

"Anjo, quero ser nuvem."

Logo, poderoso, ele escurecia o sol. "Sou invencível", gritava.

Mas uma imensa rocha de granito se erguia em meio ao oceano. Mogo
achou que a rocha o desafiava e se transformou em rocha.

Certa manhã, Mogo sentiu uma lança aguda em suas entranhas de pedra.
Depois outra. E outra.

"Anjo, socorro! Alguém tem mais poder do que eu. Quero ser poderoso
como este ser que está tentando me matar!" E foi assim que Mogo voltou
a lascar pedras...

***

Estamos colocados no melhor lugar, na situação que necessitamos para progredir.

Ninguém se encontra em lugar errado, nem ao lado de pessoas que não mereça.

Tudo se encontra dentro da lei de progresso. Não existem problemas que
não possamos vencer ou dificuldades que não consigamos transpor.

Cada um de nós recebe exatamente a carga que pode suportar. Nem mais, nem menos.

Saibamos ser reconhecidos a Deus pela vida, pela saúde, pelas
dificuldades. Porque estrada que não tem pedras, não é segura.



Fonte:
Revista Harmonia ano VIII número 59 set/99




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A apresentação está falhando?

Entre no "www.gmail.com" e feche o usuário aberto.

Divulgue este blog (cartão virtual)

Divulgue este blog (cartão virtual)
Clique com o botão direito do mouse, copie a imagem, cole em uma nova mensagem e envie para seus colegas! caso falhe, procure salvar a imagem e depois enviar como anexo.