sexta-feira, 21 de outubro de 2016

A bênção da vida


O hábito de reclamar da própria vida é bastante difundido.
Parece sempre haver algo desagradável e injusto na existência que se leva.
Às vezes é o dinheiro que falta. Em outras a profissão que não agrada.
Há quem reclame de sua aparência, da família que tem, dos problemas que vivencia.
Em casos mais graves, pode passar pela mente a ideia de tudo abandonar.
Ocorre que a vida é uma bênção maravilhosa.
A Divindade investe suas graças mais pujantes em cada renascimento que se opera na face do planeta.
Constitui uma profunda ingratidão rejeitar a oportunidade recebida do Criador.
Toda reencarnação é precedida de cuidadosos preparos.
Traça-se um mapa do contexto em que cada homem e cada mulher se verão envolvidos.
Tudo com o propósito de que cresçam, aprendam e libertem-se do que os prende à ilusão e ao sofrimento.
Amigos dedicados auxiliam na programação, com infinito carinho.
A Providência Divina se desdobra em cuidados.
Finalmente, após muita preparação e cercado de expectativas, eis que o ser ressurge no mundo material.
Como ele veio a trabalho, será chamado ao esforço próprio.
Deverá mostrar seu valor, superar dificuldades e vencer velhos vícios.
Mas sempre cercado de amor e cuidados.
Seus mentores espirituais o observam, inspiram-no, orientam-no, torcem por ele.
Ninguém jamais está abandonado ou sozinho.
A Misericórdia Divina sempre está atenta e operosa.
Ela trata de fazer chegar a cada um os recursos de que necessita.
Pode ser a inspiração em um momento no qual se hesita entre o vício e a virtude.
Ou a figura de um amigo, cuja presença calorosa torna a vida mais fácil.
Ou então um grande afeto que surge de repente.
Absolutamente todos seguem bafejados pelo amor de Deus.
Precisam se esforçar, claro.
Mas oportunidades e bênçãos jamais escasseiam.
Mesmo quando tudo parece perdido, é preciso encontrar forças e seguir adiante.
A Providência Divina possui recursos infinitos e jamais é avarenta de bênçãos.
No momento certo, ela se manifesta das mais diferentes formas.
Assim, evite reclamar da vida que você leva.
Em especial, nem pense em fugir dos seus compromissos, em desertar do palco do mundo.
Você foi posto nele com muito carinho e mãos extremamente amorosas o sustentam e embalam de forma incansável.
Quando defrontado por dores e desilusões, entre em contato com a Divindade.
Adote o hábito da oração, relate seus problemas ao Criador e se abra para a orientação que certamente virá.
Como filho imensamente amado, você segue rumo a um destino angelical.
Apenas precisa ter a coragem de seguir adiante.
Pense nisso.

Redação do Momento Espírita.
Em 16.03.2011.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A apresentação está falhando?

Entre no "www.gmail.com" e feche o usuário aberto.

Divulgue este blog (cartão virtual)

Divulgue este blog (cartão virtual)
Clique com o botão direito do mouse, copie a imagem, cole em uma nova mensagem e envie para seus colegas! caso falhe, procure salvar a imagem e depois enviar como anexo.