quinta-feira, 23 de junho de 2016

Bendita pátria


É lamentável a depreciação que os próprios brasileiros fazem do Brasil.
Parece que uma onda de pessimismo varre o país de norte a sul. E o que mais e mais se ouve, se lê e se assiste são frases pessimistas e cheias de ranço.
No entanto, os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para falar bem do Brasil e bons motivos para enaltecer nossa bendita Nação.
Segundo dados fornecidos pela Antropos Consulting, o Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.
O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.
Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.
Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de vinte e quatro horas depois do início das apurações.
O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.
Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de quarenta por cento do mercado na América Latina.
No Brasil temos catorze fábricas de veículos instaladas e outras quatro se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.
Das crianças e adolescentes entre sete e catorze anos, noventa e sete vírgula três por cento estão estudando.
O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com seiscentos e cincoenta mil novas habilitações a cada mês.
Na telefonia fixa, nosso país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas.
Seis mil, novecentas e noventa empresas brasileiras possuem certificado de qualidade ISO 9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México são apenas trezentas empresas e duzentas e sessenta e cinco na Argentina.
O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.
Por que temos esse vício de só falar mal do nosso Brasil?
Por que não nos orgulhamos em dizer que nosso mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de cincoenta mil títulos novos a cada ano?
Que temos o mais moderno sistema bancário do planeta? Que nossas agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios mundiais?
Por que não falamos que somos o país mais empreendedor do mundo e que mais de setenta por cento dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?
Por que não dizemos que somos hoje a terceira maior democracia do mundo? Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?
Porque não nos lembramos que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos estrangeiros, gesticula e não mede esforços para atender bem o turista?
Por que não nos orgulhamos de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando?
É! O Brasil é um país abençoado de fato.
Bendito país, que possui a magia de unir pessoas de todas as raças, de todas as religiões, de todas as cores...
Bendito país que sabe entender todos os sotaques...
Bendito país que oferece todos os tipos de climas para contentar toda gente.
Bendita seja, querida Pátria chamada Brasil!

Redação do Momento Espírita com base em dados extraídos de matéria de Luiz Marins, Ph.D, diretor da Antropos Consulting,  publicada no jornal Gazeta do Povo, de 07.09.2001.
Em 10.03.2011.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A apresentação está falhando?

Entre no "www.gmail.com" e feche o usuário aberto.

Divulgue este blog (cartão virtual)

Divulgue este blog (cartão virtual)
Clique com o botão direito do mouse, copie a imagem, cole em uma nova mensagem e envie para seus colegas! caso falhe, procure salvar a imagem e depois enviar como anexo.